Verescência se torna a empresa Positive Industry 2024

Abril 3 2024

Versença

Amec comemora pela segunda vez Dia Positivo da Indústria na zona modernista de Sant Pau, em Barcelona, ​​​​um dia em que as empresas que personificam os valores do Indústria Positiva, um movimento que defende uma indústria sustentável, que se adapta e quer antecipar, disposto a colaborar, uma indústria positiva.

O evento começou com as boas-vindas de Laia Guilera, vice-presidente da Amec, e a apresentação de Jordi García Brustenga, diretor geral de Estratégia Industrial e PME.

A seguir, Jordi García Brustenga e Laia Guilera entregaram o prêmio à empresa Indústria Positiva 2024. Verescência, por ser aquele que melhor representa todos os valores do movimento Indústria Positiva, que defende a necessidade de colocar a indústria no centro e contribuir para um futuro industrialmente sustentável.

Além disso, Grupo Carinsa recebeu reconhecimento pela empresa que melhor representa o valor da antecipação, Proquimac A PFC SA recebeu reconhecimento pela adaptabilidade, Grupo Rubi reconhecimento da glocalização e Indústrias Tapla o da colaboração.

O júri de reconhecimento é composto por: Oriol Pascual Moya-Angeler, fundador da S2 Xpeed; Belen Viloria, diretora executiva do B Lab Espanha; Javier Garcia Diaz, diretor geral da UNE Associação Espanhola de Normalização; Pelayo Corella Professor e diretor do Mestrado em Gestão de Varejo Internacional da ESCI-UPF; e a diretora geral da amec, Joan Tristany.

Boas perspectivas

As empresas Amec aumentaram as exportações em 2023 em 5,59% em relação a 2022, conforme refletido no relatório anual Situação 2023 e Perspectiva 2024 da Amec, a comunidade de empresas industriais internacionalizadas. Apesar da turbulência geopolítica e do aumento das dificuldades na atividade internacional, as empresas Amec têm tido uma propensão exportadora de 53,9%. Uma tendência que se manterá, já que 68,7% das empresas esperam continuar a aumentar as suas exportações em 2024, e estimam que o farão em 6,86% no seu conjunto. Quase nove em cada dez empresas fecharam o ano passado com lucros e seis em cada dez aumentaram a sua força de trabalho, uma percentagem superior à esperada no ano anterior.

França, Estados Unidos e Portugal mantêm a posição de primeiros mercados de destino em 2023, ano em que 13 empresas estabeleceram 18 novas subsidiárias, quase o dobro de 2022. Um total de 142 empresas Amec possuem 664 localidades no exterior. Essa tendência se deve ao crescente interesse dos clientes em aproximar a produção de sua localização, o que impulsiona o fenômeno da glocalização, fator de competitividade promovido pela Amec. Até 2024, no ranking dos mercados de maior interesse entre as empresas, Estados Unidos, França, México e Alemanha repetirão as primeiras posições. Abaixo destes mercados destaca-se a ascensão da Arábia Saudita, passando do 11.º lugar em 2023 para o 6.º em 2024.

90,4% das empresas afirmam ter encontrado dificuldades significativas no desenvolvimento da sua atividade internacional em 2023, valor que, embora muito elevado, diminuiu face a 2022.

Praticamente nove em cada dez empresas implementaram algum tipo de medida de sustentabilidade ambiental. Nesta área, as medidas mais aplicadas são a otimização da gestão e reciclagem de resíduos (58,6%), o consumo de energia proveniente de fontes renováveis ​​(50,5%) e o aumento da utilização de materiais reciclados (47,4%).

Em média, as empresas destinaram 4,48% do seu volume de negócios à inovação em 2023, principalmente em áreas relacionadas com o desenvolvimento de novos produtos.

A previsão das empresas industriais internacionalizadas é, em sua maioria, manter ou aumentar o quadro de funcionários. No entanto, nove em cada dez empresas têm dificuldades em atrair e reter talentos.

Amec promove novos fatores-chave de competitividade

A comunidade de empresas industriais internacionalizadas Amec promove os novos fatores-chave de competitividade nas empresas espanholas: antecipação, adaptabilidade, colaboração, globalização e sustentabilidade. As empresas que integram a Amec geram um volume de exportações superior a 7.800 mil milhões de euros, exportam em média 53,9% do seu volume de negócios e investem 4,5% em inovação.

Você pode estar interessado em continuar lendo ...

Gama de cafés vegan da Nescafé Dolce Gusto, Produto do ano 2022

A linha 100% vegana de cafés Nescafé Dolce Gusto foi eleita "Produto do Ano 2022", na categoria de cápsulas de café do Grande Prêmio de Inovação concedido a cada ano pela co ...

Alimentaria FoodTech premeia as empresas mais inovadoras do setor

A Alimentaria FoodTech, feira de máquinas, equipamentos, tecnologia e ingredientes para a indústria agroalimentar, entregou os Prémios Innova e Emprende a quatro empresas e quatro startups...

Revista de vendas da Perfumaria e Cosméticos premia as melhores iniciativas sustentáveis ​​do ano

A segunda edição do VPC Green Beauty Awards (VPC GBA), criado pela revista profissional Sales of Perfumery and Cosmetics, premiou as melhores empresas, marcas, produtos e iniciativas verdes...

Vidrala anuncia plano de sucessão de CEO

Vidrala anuncia que, como resultado de um processo de sucessão planejado, o Conselho de Administração decidiu nomear o atual Diretor Financeiro (CFO) Raúl Gómez como o próximo CEO...

Prêmio para o caso Miss Dior Rose Essence

O coffret Miss Dior Rose Essence é uma cômoda composta por uma manga e um inserto. A Parfums Christian Dior escolheu a DS Smith como fornecedora deste estojo especial. A inse...

Heidelberg aumenta margem alvo para 2020/21

Após a transformação da empresa e a crescente demanda da China e da Europa, a Heidelberger Druckmaschinen AG (Heidelberg) está aumentando sua meta de desempenho operacional para o ano financeiro de 202 ...
Traduzir »